Ministério Público pede afastamento do Secretário de Saúde do Recife

Ministério Público pede afastamento do Secretário de Saúde do Recife

Segundo a TV Jornal, o secretário de saúde do Recife, Jailson Correia, e a gerente de monitoramento de infraestrutura, Mariah S. L. M. A. Bravo, foram alvos de pedido de afastamento de 45 dias pelo Ministério Público Federal junto ao TRF-5. O pedido se deu devido aos desdobramentos da Operação Apneia, que investiga irregularidades e ilegalidades na compra de 500 respiradores pela Prefeitura do Recife. Mais cedo, o secretário foi alvo de mandado de busca e apreensão e teve seu celular apreendido.

Entenda

A Prefeitura do Recife tem sido alvo do Ministério Público Federal, do Ministério Público de Contas do Estado de Pernambuco, do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco e da Polícia Federal por firmar um contrato de R$ 11 Milhões com uma microempresa do interior de São Paulo do ramo de pet shop para o fornecimento de 500 respiradores que seriam utilizados no combate ao Covid-19. Os respiradores não tem certificado da Anvisa e foram testados apenas em porcos. Além disso, a compra havia sido feita em regime de urgência através de dispensa de licitação.