Atende em Casa lança canal de apoio emocional e marcação online de teste para covid-19

Atende em Casa lança canal de apoio emocional e marcação online de teste para covid-19

Com o objetivo de facilitar e ampliar o acesso aos serviços oferecidos pela Prefeitura do Recife durante a pandemia, o aplicativo Atende em Casa passou a disponibilizar duas novas funcionalidades, nesta segunda-feira (22): o canal direto de teleacolhimento e o agendamento de teste para covid-19. Antes, para ter acesso ao canal de suporte emocional, o paciente precisava ser encaminhado por um teleorientador. Com a novidade, o próprio usuário passa a poder solicitar os serviços durante o uso da ferramenta, que pode ser baixada nas lojas de aplicativo para smartphone ou acessada pelo site www.atendeemcasa.pe.gov.br. Já os testes, que antes eram agendados apenas pelo site www.testecovid19.recife.pe.gov.br, agora também podem ser marcados pelo site do Atende em Casa. A partir desta segunda, foi ampliado o público que tem direito à testagem.

O exame já podia ser agendado por profissionais de saúde e outros trabalhadores que atuam área, profissionais de segurança pública em atividade, além dos seus contatos domiciliares; profissionais de Residências terapêuticas, Unidades de Acolhimento e Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), assim como alguns usuários do Atende em Casa/DyCovid. Agora também podem realizar a marcação online outros profissionais de serviços essenciais, como supermercados, padarias, farmácias, postos de gasolina, imprensa, bancos, clínicas e hospitais veterinários, serviços de assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade. Pacientes no pré-operatório de cirurgias eletivas e oncológicas, além de gestantes no pré-natal com síndrome gripal também são contemplados.

A Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife também ampliou a quantidade de locais de testagem de quatro para oito: Policlínica Waldemar de Oliveira, em Santo Amaro; Centro de Saúde Dr. José Dustan Carvalho Soares, na Iputinga; Centro de Saúde Professor Mário Ramos, em Casa Amarela; Centro de Saúde Vereador Romildo Gomes, na Imbiribeira; Unidade de Cuidados Integrais (UCIS) Professor Guilherme Abath, no Hipódromo; Unidade Básica Tradicional (UBT) Romero Marques, Prado; UBT Iná Rosa Borges, no Vasco da Gama, e Upinha Dia Rio da Prata, no Ibura. 

O paciente só deve ir até a unidade de testagem escolhida no dia e horário agendado. Quase oito mil pessoas já foram testadas nas unidades de referência do município, tanto com teste rápido como com o RT-PCR. 

TELEACOLHIMENTO – Para além dos cuidados com a saúde física da população, a Sesau também tem realizado esforços para cuidar da saúde mental dos recifenses. Com objetivo de oferecer apoio emocional para as pessoas que estão atravessando momentos de angústia e tristeza por conta do isolamento social e da covid-19, a Secretaria passou a disponibilizar, em maio, um canal de teleacolhimento. Antes, para ter acesso ao canal de suporte emocional, o paciente precisava ser encaminhado por um teleorientador que identificasse a necessidade. Agora, o atendimento da equipe multiprofissional com ênfase em saúde mentalpode ser requisitado pelo próprio usuário através do Atende em Casa.

A escuta qualificada é feita por psicólogos, assistentes sociais, psiquiatras, terapeutas ocupacionais e profissionais das Práticas Integrativas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Mais de mil usuários já foram acompanhados. 

ACOLHE PROFISSIONAL -Preocupada com a saúde mental do time que está trabalhando na linha de frente do combate ao novo coronavírus, a Prefeitura do Recife lançou, no começo de junho, o “Acolhe Profissional”. O canal funciona como um teleatendimento onde os profissionais da rede municipal recebem assistência para questões psicológicas por telefone. Para solicitar o atendimento, o profissional deve enviar e-mail para o endereço [email protected].

ATENDE EM CASA – Fruto de parceria entre a Prefeitura do Recife e o Governo do Estado, o Atende em Casa foi criado durante a pandemia para garantir assistência virtual às pessoas com suspeita de covid-19, evitando que elas se dirijam às unidades de saúde, sem necessidade. Após triagem feita através de um questionário para avaliação inicial da gravidade de cada caso, o usuário recebe instruções para se cuidar em casa e ficar isolado ou buscar atendimento médico.

Mais de 44.700 moradores da capital pernambucana já se cadastraram no aplicativo. Desse total, 19 mil foram atendidos através de teleorientação por meio de vídeochamada com médico ou enfermeiro. Cerca de 4.800 pessoas foram instruídas a procurar um serviço de saúde para consulta. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram