Denúncia contra Paulo Câmara ganha peso no Min. dos Direitos Humanos

Denúncia contra Paulo Câmara ganha peso no Min. dos Direitos Humanos

Por Maicon Platiny – As denúncias apresentadas pelo advogado Rubem Brito, do movimento Bolsonaro PE, contra o governador Paulo Câmara (PSB), ganharam peso em Pernambuco. Ele foi um dos profissionais dispostos a “peitar” os desmandos de Paulo Câmara que, de maneira arbitrária e autoritária, coibiu manifestações populares e “perseguiu” manifestantes que são contra seu governo.

“Passados alguns trâmites legais, o governador será intimidado para prestar esclarecimento por qual motivo ele agiu por repressão aos manifestantes. Se ultrapassar o prazo de 30 dias e ele não responder, ele incorre no crime de responsabilidade”, disse explicou Rubem Brito.

Segundo o advogado, recentemente, em Pernambuco, houve muitas repressões durante manifestações, sempre quando contrárias a Paulo Câmara.

Veja a matéria exclusiva do BJ1 sobre os possíveis crimes citados por Rubem Brito.

*Atualização: o pedido de informação foi feito pelo deputado Alberto Feitosa, não pelo Ministério dos Direitos Humanos.