“O que estão fazendo no terreno do antigo Aeroclube é especulação eleitoral”, afirma Wanderson Florêncio

“O que estão fazendo no terreno do antigo Aeroclube é especulação eleitoral”, afirma Wanderson Florêncio

O deputado estadual Wanderson Florêncio (PSC) questionou o início da construção de dois conjuntos habitacionais no terreno do antigo Aeroclube, nas margens da Via Mangue, às vésperas da eleição municipal. 

Para o parlamentar, o projeto apresentado para área é de péssima qualidade e deve ser discutido com a sociedade civil, que clama historicamente por um parque verde na região, sendo essa, a última oportunidade de uma transformação urbanística na zona sul do Recife. 

“Qualquer cidade importante do mundo sonha com essa oportunidade de dispor em uma área central da cidade de um espaço contínuo de 21 hectares, para desenhar uma cidade moderna, inclusiva, humanizada e ambientalmente sustentável, por isso, nossa luta é por um parque verde no terreno do aeroclube”, enfatizou Wanderson. 

O déficit na moradia é um problema crônico do Recife e que não recebeu a devida atenção das gestões do PSB, que ao fim do governo, o que se tem, é um acúmulo de obras inacabadas espalhadas por toda a cidade, inclusive habitacionais. 

“O que estão fazendo no terreno do antigo Aeroclube é especulação eleitoral. A atual gestão está no fim do mandato, passou oito anos sem resolver o problema da moradia no Recife e inicia uma obra que sabe que não vai entregar”, afirma Wanderson Florêncio. 

Há alguns anos o deputado estadual defende que a construção de um parque verde no terreno às margens da Via Mangue seja o centro de transformação urbanística na região. Desde que era vereador do Recife Wanderson Florêncio visita parques urbanos pelo país e vem mantendo diálogos com especialistas em busca de um projeto que transforme a Zona Sul da cidade.  

“Não vamos permitir que esse projeto seja realizado cheio de arremedos, sem o devido debate com especialistas que apontem os prós e contras de uma obra na região, que pode modificar a cidade positivamente ou negativamente”, disse Wanderson.

Foto: divulgação.

Instagram