Bolsonaro lamenta legalização do aborto na Argentina

Bolsonaro lamenta legalização do aborto na Argentina

Nesta quarta-feira (30), o presidente Jair Bolsonaro utilizou suas redes sociais para lamentar a legalização do aborto na Argentina.

“Lamento profundamente pelas vidas das crianças argentinas, agora sujeitas a serem ceifadas no ventre de suas mães com anuência do Estado. No que depender de mim e do meu governo, o aborto jamais será aprovado em nosso solo. Lutaremos sempre para proteger a vida dos inocentes!”, disse Bolsonaro.

A nova legislação da Argentina permite a interrupção da gravidez até a 14° semana de gestação. Após a solicitação, o procedimento deve ser feito em até dez dias. As gestantes menores de 16 anos precisarão da autorização dos responsáveis e as estrangeiras residentes no país também poderão realizar o aborto.

Foto: ABr.

Instagram