Miguel Coelho critica Paulo Câmara: Pernambuco perdeu o protagonismo no Nordeste

Miguel Coelho critica Paulo Câmara: Pernambuco perdeu o protagonismo no Nordeste

Em entrevista ao Valor, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), criticou a gestão do PSB em Pernambuco e a crescente perda de protagonismo regional que o estado está sofrendo.

Além de dizer que as eleições municipais de 2020 mostraram a “fadiga material” do PSB em Pernambuco, tendo em vista que o partido só conquistou o Recife dentre as maiores cidades do estado, Miguel também criticou a gestão socialista: “Pernambuco perdeu o protagonismo que tinha para o Nordeste. O Estado investe hoje menos do que o Maranhão”.

Cotado par ser candidato a governador de Pernambuco em 2022, Miguel Coelho, apesar de adotar um tom crítico ao Governo do Estado e ser aliado do presidente Jair Bolsonaro, procura não colocar seu nome como uma imposição. Para ele, existem outros nomes que teriam legitimidade para encabeçar a oposição: a prefeita Raquel Lyra (PSDB), o ex-ministro Armando Monteiro (sem partido), o ex-deputado Bruno Araújo (PSDB), o prefeito Anderson Ferreira (PSDB), o prefeito Professor Lupércio (Solidariedade) e o deputado Ricardo Teobaldo (Podemos).

Miguel se define como “De centro, um pouco à direita”, mas defende uma política mais pragmática na gestão pública: “Ideologia de partido não existe. Com 36 partidos no Brasil, você achar que existe 36 ideologias é utopia”. “Política tem que ter vocação, paixão, mas tem que ter o pragmatismo. Só na filosofia, não resolvemos os problemas da vida, nem da política”. Portanto, está mais próximo do pensamento do conservadorismo inglês, que rechaça ideologias.

A cidade governada por Miguel Coelho é um ponto fora da curva em Pernambuco, verdadeiro oasis no deserto. Petrolina tem cerca de 350 mil habitantes e tem um IDH considerado alto. 26% do PIB do município vem da fruticultura irrigada e 53% dos setores de comércio e serviços, dos quais metade atendem à própria fruticultura. Além disso, na gestão de Miguel, o município está conseguindo atrair grandes investimentos tanto do Governo Federal como da iniciativa privada.

Quando vivo, Eduardo Campos disse certa vez a interlocutores que os Coelho de Petrolina são “a espécie mais feroz do reino animal”. E Miguel Coelho encarna o ditado que diz que “Quem sai aos seus não degenera”.

Sobre os planos do PSB de eleger Geraldo Julio governador em 2022 e João Campos em 2026, Miguel Coelho dispara: “Só faltou combinar com os russos”.

Foto: divulgação.

Instagram