Por 8 a 3, STF mantém anulação das condenações de Lula

Por 8 a 3, STF mantém anulação das condenações de Lula

Nesta quinta-feira (15), o STF votou um recurso da PGR contra uma decisão do ministro Edson Fachin que entendeu que Sérgio Moro não era competente para julgar os processos de Lula. O ministro remeteu as ações para Brasília e anulou as condenações, que voltaram à estaca zero.

Ao todo 8 ministro votaram pela manutenção da decisão, contra 3 que votaram para revogar a decisão de Fachin.

Votaram a favor de Lula os ministros Edson Fachin, Ricardo Lewandowski, Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Carmen Lúcia e Luís Roberto Barroso. Já os ministros Kassio Nunes Marques, Luiz Fux e Marco Aurélio votaram contra Lula.

Com a anulação das condenações, Lula retoma os seus direitos políticos que haviam sido cassados e poderá concorrer à eleição para presidente da República em 2022.

*Matéria atualizada a posteriori.

Foto: Carlos Moura/SCO/STF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram