Bolsonaro volta à ativa atirando: critica o Fundão e as urnas eletrônicas

Bolsonaro volta à ativa atirando: critica o Fundão e as urnas eletrônicas

Coluna do Diego Lagedo: Quem pensou que o período no hospital e a prévia conversa com aliados e com o presidente do STF iriam mudar o jeito de ser do presidente Jair Bolsonaro quebrou a cara.

No primeiro dia de volta à ativa, Bolsonaro criticou o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL), por colocar em votação a proposta que quase triplicou o Fundão Eleitoral. Com a sua aprovação, o Fundão passou para R$ 6 bilhões.

Com a crítica de Bolsonaro, Marcelo Ramos anunciou que está aderindo à oposição e se movimentou tentando ter acesso aos pedidos de impeachment de Bolsonaro na Câmara. Agora, cabe a Bolsonaro sancionar ou vetar o novo fundão, o que pode lhe causar um grande problema com os partidos que comandam o Congresso.

Além disso, Bolsonaro voltou a defender o voto impresso e criticou as urnas eletrônicas. O presidente também colocou em dúvida sua participação na eleição de 2022 caso o voto impresso não seja aprovado:

“Eu entrego a faixa para qualquer um, se eu disputar a eleição, né? Se eu disputar, eu entrego a faixa para qualquer um. Uma eleição limpa”, disse o presidente. “Agora, participar de uma eleição com essa urna eletrônica…“, completou.


Fernando Filho: O deputado federal Fernando Filho (DEM) vem fazendo uma forte movimentação com as suas bases no estado. Dando prosseguimento a uma série de reuniões que está fazendo, Fernando se reuniu com diversas lideranças do Agreste e do Sertão de Pernambuco, além de ter feito uma visita à cidade de Igarassu.

Belo Jardim: A atuação do secretário de Obras de Belo Jardim, “Babi”, estaria causando insatisfação em aliados do prefeito Gilvandro Estrela (DEM). Nos bastidores, já há quem aposte na sua substituição.

Vacinação: A chegada de novas doses de imunizantes possibilitou o avanço da faixa etária de vacinação em Pernambuco. No Recife, pessoas com mais de 34 anos já começam a ser vacinadas. Há a previsão de que o Governo Federal envie mais 395 mil doses para Pernambuco nessa semana, o que deve fazer com que a faixa etária seja ainda mais ampliada.


Diego Lagedo é historiador e especialista em Gestão Pública. A sua coluna aborda temas políticos e é publicada de segunda a sábado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram