TJ determina que o Juntas (PSOL) remova posts com calúnias contra Feitosa

TJ determina que o Juntas (PSOL) remova posts com calúnias contra Feitosa

No dia 20 de junho de 2021, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) acatou o pedido liminar feito pelo advogado do Dep. Coronel Feitosa (PSC) em uma ação por injúria, calúnia e difamação em face da Dep. Jô Cavalcanti (PSOL) pelas supostas ofensas morais feitas pela parlamenta ao deputado.

Na peça apresentada, o deputado relata que foi vitima de diversas ameaças e ofensas por parte de vários integrantes de movimentos sociais ligados a querelada, em especial do MTST (Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Sem Teto), do qual a deputada é coordenadora nacional, logo após ter feito um pedido de vista em um projeto de autoria da parlamentar.

Posteriormente, a psolista, segundo ele, usou suas redes sociais e as do Movimento Juntas para caluniar, injuriar e difamá-lo, criando entre seus seguidores uma campanha de ataque ao parlamentar, com gravíssimas acusações de racismo, o chamando-o de machista, classista, elitista, autoritário, inclusive levando essas informações falsas à imprensa local e nacional.
As ofensas fizeram com que o deputado Coronel Alberto Feitosa buscasse a Justiça para reparar os danos à sua pessoa.

Na decisão judicial, concedida pelo Desembargador Jovaldo Nunes, a parlamenta tem o prazo de 48 horas para proceder com a remoção e o bloqueio integral dos perfis @jocavalcanti50, e @juntascodeputadas, e de todo e qualquer conteúdo ofensivo relacionado ao fato narrado ou a pessoa do Coronel Feitosa em suas redes sociais, sob pena diária de multa de R$ 3.000,00 reais.

“Eu sempre confiei com serenidade na justiça, porque a verdade sempre irá prevalecer. E para aqueles que tentaram, diante ataques, manchar o meu trabalho com mentirosas acusações e calúnias, a decisão da justiça foi para colocar um fim à campanha de ódio”, pontuou Feitosa.

Em contato com Dr. Rubem Brito, advogado do deputado, ele disse: “Vejo como bastante acertada a decisão do respeitável magistrado, pois determinar a remoção imediata das postagens de cunho ofensivo feitos pela parlamentar é o primeiro passo para que a verdade seja restabelecida, e para que possamos trazer justiça não só ao deputado Coronel Feitosa mas também a todos os pernambucanos os quais ele representa.”

Fotos: Alepe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram