Terceira via sai minúscula das manifestações contra Bolsonaro

Terceira via sai minúscula das manifestações contra Bolsonaro

Coluna do Diego Lagedo: No Brasil, convencionou-se chamar de terceira via uma série de partidos e pré-candidatos que pretendem representar uma alternativa a Bolsonaro na disputa pela Presidência da República.

Esse políticos e movimentos tentaram fazer um ato unificado com a esquerda contra Bolsonaro no domingo (12), mas partidos como PT e PSOL se recusaram a participar dos atos. Com o apoio de movimentos como Livres, MBL e VPR, além de partidos como PDT, PSDB, PSB, PCdoB e Cidadania, os atos tiveram uma adesão baixíssima em todo o país.

Percebe-se que, ao convidar o PT para ingressar no bloco, a terceira via mostrou que não passa de uma mera oposição disposta a tudo para voltar ao poder. Desde 2003, o PSDB não consegue chegar à Presidência da República, mas o panorama se tornou muito pior para os tucanos quando eles deixaram de ser a alternativa viável da direita brasileira.

Nas maioria das poucas cidades em que aconteceram, os atos da dita terceira via contra Bolsonaro não agregaram muito mais do que cem pessoas. Mesmo na Avenida Paulista, que costuma ter manifestações volumosas, o número de pessoas foi pífio. A Secretaria de Segurança de São Paulo estimou que 6 mil pessoas estiveram presentes nos atos na capital Paulista. Já o MBL contabilizou 2 mil pessoas.

Percebe-se claramente que essa dita terceira via não é uma alternativa com musculatura suficiente para suplantar a polarização entre Bolsonaro e Lula em 2022. Os pré-candidatos de centro-esquerda se apequenaram ainda mais no último domingo.


Rádio: Nessa segunda-feira (13), entra no ar em Pernambuco a Rádio Mais Vida, na frequência 97,1 FM. A rádio será comandada pelo deputado e pastor Cleiton Collins (PP) e será voltada para a temática evangélica, mas também dedicará um importante espaço para o jornalismo. O novo veículo de comunicação contará com o programa Bom Dia Vida, do Pastor Cleiton Collins, e também terá a colaboração do Pernambuco em Pauta.

Oposição: A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), e o prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PL), se encontraram em um evento de inauguração no Agreste. Pré-candidatos ao Governo de Pernambuco pela oposição, os dois prefeitos aproveitaram a ocasião para trocar experiências sobre gestão municipal, mas é impossível não imaginar que o tema da eleição não tenha surgido na conversa.

Ironia: Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro ironizaram abaixa adesão aos movimentos contrário ao presidente nesse domingo. O deputado Eduardo Bolsonaro publicou uma foto das manifestações vazias com a legenda “Cuidado! Cenas forte”. A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, também ironizou os atos e publicou a frase “Chora esquerda!”. O ministro das Comunicações, Fábio Faria, também ironizou as manifestações: “Manifestações impressionantes e inéditas: pela primeira vez, o palanque estava mais cheio do que a rua”. O senador e ex-presidente Fernando Collor (PROS) afirmou que havia mais vendedores ambulantes do que manifestantes em Brasília.


Diego Lagedo é historiador e especialista em Gestão Pública. A sua coluna aborda temas políticos e é publicada de segunda a sábadosendo replicada em diversos blogs de Pernambuco.

Fotos: ABr; ABr; reprodução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram