Bolsonaro é o presidente que mais ajudou os policiais no Brasil

Bolsonaro é o presidente que mais ajudou os policiais no Brasil

Coluna do Diego Lagedo: Não é segredo para ninguém que os governos de esquerda, com destaque para os do PT, mantiveram uma postura de hostilidade em relação às categorias policiais do Brasil. Essa aversão da esquerda às forças de segurança pode ser observada tanto no Governo Federal quanto nos governos estaduais. O motivo é simples: as forças policiais são comprometidas com a defesa da Constituição, da paz e da ordem e nunca deram brecha para os arroubos totalitários da esquerda brasileira.

Diferentemente de Lula e Dilma, o presidente Jair Bolsonaro não tem medido esforços para ajudar os policiais do Brasil. Para isso, criou o Pacote Anticrime, que dá maior segurança jurídica para a atuação policial e endurece o combate à criminalidade. Além disso, através de uma medida provisória, aumentou o salário dos policiais militares, bombeiros militares e policiais civis do Distrito Federal e dos antigos territórios federais (Amapá, Roraima e Rondônia), que estavam sem aumento há anos. O governo Bolsonaro também criou o programa Habite Seguro, que proporciona o financiamento de imóveis para policiais, bombeiros militares e militares de todo o país.

Segundo o Estadão, os benefícios destinados pelo presidente Jair Bolsonaro para as categorias de segurança pública somarão R$ 27,7 bilhões até dezembro de 2022. Sem exageros, é possível afirmar que Jair Bolsonaro é o presidente da República que mais ajudou e dedicou atenção aos policiais, bombeiros militares e membros das Forças Armadas do Brasil.


ONU: O presidente Jair Bolsonaro se encontra em Nova Iorque para participar da Assembleia-Geral da ONU, que acontecerá nesta terça-feira (21). Tradicionalmente, o presidente do Brasil é o primeiro a discursar na reunião e Bolsonaro deve tranquilizar as demais nações quanto a temas como meio ambiente e recuperação econômica.

Marxismo Americano: A editora Citadel está lançando o livro Marxismo Americano no Brasil. A obra denuncia a infiltração dos ideais marxistas na indústria do entretenimento americana sob a roupagem do “progressismo”. O livro, escrito por Mark R. Levin, ficou em primeiro lugar entre os mais vendidos da Amazon e do New York Times por 60 dias seguidos.

Ipojuca: Acompanhada do deputado estadual Romero Sales Filho e do deputado federal Ricardo Teobaldo, a prefeita Célia Sales visitou diversos órgãos em Brasília e conseguiu a liberação de R$ 900 mil para o início da construção de duas escolas no município. Também foi entregue um projeto na ordem de R$ 4,7 milhões para a construção de uma outra escola. De passagem pelo Senado Federal, a prefeita também se encontrou com o senador Fernando Bezerra Coelho, que se comprometeu a ajudar o município na construção de poços e estradas nas zonas rurais.


Diego Lagedo é historiador e especialista em Gestão Pública. A sua coluna aborda temas políticos e é publicada de segunda a sábadosendo replicada em diversos blogs de Pernambuco.

Foto: Alan Santos/PR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram