“Bolsonaro comemora mil dias tirando o Brasil das páginas policiais”, registra Feitosa

“Bolsonaro comemora mil dias tirando o Brasil das páginas policiais”, registra Feitosa

O deputado Alberto Feitosa (PSC) comemorou, na Reunião Plenária desta quinta (30), os mil dias da gestão do presidente Jair Bolsonaro, completados na última segunda (27). No pronunciamento, ele destacou feitos que considerou positivos, como o pagamento de auxílio emergencial para quase 68 milhões de brasileiros durante a pandemia de Covid-19, na primeira fase do programa.

“Bolsonaro comemora mil dias tirando o Brasil das páginas policiais, sem qualquer envolvimento dele, de ministros ou secretários-executivos em atos de corrupção”, disse. “O Brasil tem um presidente que defende a pátria, as cores da bandeira, a família e a fé. Esse é um governo que tem o nosso respeito e a nossa gratidão.”

Na avaliação do parlamentar, “a gestão eficiente e eficaz manteve o País de pé e a população assistida” em meio a crises que afetaram todo o mundo, como a pandemia e a maior escassez hídrica em 91 anos. Segundo ele, o auxílio emergencial repassou cerca de R$ 300 bilhões, valor que corresponde a mais de 12 anos somados de orçamento do Bolsa Família.

O deputado bolsonarista citou, ainda, o socorro a micro e pequenas empresas e a abertura de cerca de 23 mil leitos Covid-19. Também afirmou que o Governo atual destinou 267 milhões de doses de vacinas contra o novo coronavírus aos Estados e concluiu 65 mil obras iniciadas em gestões anteriores.

Além disso, Feitosa elogiou ações da Caixa Econômica Federal, como a abertura de 107 milhões de contas digitais e o Programa Nacional de Apoio à Aquisição de Habitação para Profissionais da Segurança Pública (Habite Seguro). Ele fez menção ao anúncio de que, até o final do ano, serão 268 novas agências desse banco público abertas no País. E, de acordo com o parlamentar, o Programa Casa Verde e Amarela entregou mais de um milhão de moradias.

Ao falar da área da educação, elencou 2.525 escolas entregues com recursos do Governo Federal, 5,9 mil ônibus escolares distribuídos e 36 novos cursos superiores aprovados. Outro ponto enaltecido foi a divulgação, para o dia 4 de novembro, do leilão do 5G. Feitosa também criticou o trabalho da CPI da Pandemia do Senado Federal: “Nada contra o presidente Jair Bolsonaro foi comprovado”, disse.

Foto: divulgação/Alepe.

Instagram