PT fracassa totalmente em atos contra Bolsonaro

PT fracassa totalmente em atos contra Bolsonaro

Coluna do Diego Lagedo: Encabeçados pelo PT, partidos, ONGs, sindicatos e movimentos de esquerda foram às ruas protestar contra o presidente Jair Bolsonaro no último sábado (02). Apesar de toda a estrutura mobilizada, os atos foram um completo fracasso em todo o Brasil.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP) estimou que cerca de 8 mil pessoas estiveram presentes na Avenida Paulista par protestar contra Bolsonaro. Em comparação, o mesmo órgão afirmou que cerca de 125 mil pessoas foram às ruas de São Paulo apoiar o Presidente da República no último 7 de setembro. Ainda que os apoiadores de Bolsonaro apontem que os números foram maiores, a quantidade de apoiadores na manifestação de apoio ao presidente apontada pela SSP é quase 16 vezes maior que a quantidade de manifestantes contrários.

O fracasso da esquerda fica ainda mais evidente quando se observa que diversos políticos, líderes partidários e até pré-candidatos à Presidência da República foram às ruas, mas não conseguiram contar com a adesão do povo. Fica evidente que as velhas estruturas da esquerda não tem mais o apelo popular que tiveram nas décadas passadas.

O ator principal da democracia parece que virou as costas para o PT e deixou a esquerda a ver navios no meio da rua.


Violência: O incidentes de violência são uma constante em manifestações de esquerda. Dessa vez, quem sofreu na pele foi o presidenciável Ciro Gomes (PDT) e o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi. Ciro Gomes foi vaiado pela militância do PT enquanto discursava na Avenida Paulista e sofreu uma tentativa de agressão com pedaços de madeira, que também atingiram seu veículo.

Crítica: O ex-deputado e ex-prefeito de Carpina Carlos Lapa não poupou críticas ao governador Paulo Câmara e ao PSB em nota enviada a Magno Martins: “O pastor Silas Malafaia não está só nem será o último a dizer verdades em relação ao governador de Pernambuco. Ele foi elegante e econômico com um governador corrupto e medíocre, que vem levando o nosso Estado a ser um dos campeões do desemprego, de impostos mais altos. Por último, com o seu coleguinha prefeito do Recife, através de um decreto, obriga que 50 por cento dos inscritos num torneio para crianças sejam gays. Estamos sendo governados por uma quadrilha”, disse Carlos Lapa.

Eleição: As cidades de Capoeiras e Palmeirina foram às urnas nesse domingo (03) para realizar uma eleição suplementar para prefeito, após os candidatos que venceram em 2020 terem sido impugnados pela justiça. Em Capoeiras, Nêgo do Mercado (PSB) venceu Celina de Dudu por 52,67% contra 47,33%. Em Palmeirina, a Delegada Thatianne Macedo (SD) venceu Marili Catão (MDB) por 57,52% a 42,48% dos votos.


Diego Lagedo é historiador e especialista em Gestão Pública. A sua coluna aborda temas políticos e é publicada de segunda a sábadosendo replicada em diversos blogs de Pernambuco.

Foto: reprodução/TV Globo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram