Quem gosta de soltar fofocas e peruas é o povo do PSB, diz Miguel Coelho sobre rumores acerca da sua candidatura

Quem gosta de soltar fofocas e peruas é o povo do PSB, diz Miguel Coelho sobre rumores acerca da sua candidatura

O prefeito de Petrolina e pré-candidato ao governo de Pernambuco, Miguel Coelho (DEM), reiniciou seu Movimento por Pernambuco e esteve, nesta quinta-feira (13), na cidade de Casinhas, participando de assinatura de ordem de serviços de calçamentos e entrega de veículos para o município. A Rede Pernambuco de Rádios, através do programa Cidade em Foco, conversou com Miguel na ocasião, que falou sobre seu projeto eleitoral, fez fortes críticas ao governo do Estado, contou sobre sua situação no União Brasil e sobre a importância dos movimentos de oposição em Pernambuco.

Um dos assuntos abordados por Miguel Coelho foi o seu encontro com Luciano Bivar, que será o presidente nacional do partido União Brasil. De acordo com Miguel, sua candidatura está garantida pela União Brasil, pois na união entre DEM e PSL os partidos apontaram onde teriam candidatos e isso ficou acordado para selar a fusão. Miguel Coelho disse que seu objetivo, agora, é cair na estrada, conhecer a história das pessoas do estado que mais precisam, estar trabalhando para vencer as eleições desse ano, formar uma grande chapa e eleger o maior número de deputados estaduais e federais.

O prefeito de Petrolina contou que o povo não pode cair na conversa do PSB, que diz que o Estado está uma maravilha. De acordo com Miguel, Pernambuco é hoje o estado que mais tem desempregados no Brasil, que menos cresceu no Nordeste e o que menos investe. Contou que o resultado é Pernambuco ter as piores estradas do país, a pior saúde da região, com pessoas dormindo em corredores de hospitais públicos, sobre papelão ou dentro de copas. Comentou que a mesma coisa acontece na segurança, com a família pernambucana com medo de ser sequestrada, perder a vida e ter prejuízo no seu patrimônio. Também disse que isso é uma tremenda falta de humanidade, de sensibilidade e coragem para enfrentar as adversidades.

Sobre Luciano Bivar, Miguel disse que o deputado tem uma eleição bem encaminhada, não é garantida, porque ninguém tem garantias na política, mas está bem pavimentada. Luciano Bivar vai ser presidente do União Brasil e o partido vai ter candidatos a governador em todo Brasil, isso demanda tempo, pois ele vai precisar fazer articulações a nível regional e nacional, além de ter que tomar muitas decisões, porém Bivar está animado para sua reeleição, está trabalhando duro para fortalecer e crescer o partido União Brasil em todo país.

Miguel Coelho disse que não tem plano B de se coligar ao Podemos, caso o União Brasil não lhe der a legenda. O democrata contou que quem gosta de soltar fofoca e peruas é o povo do PSB, que gosta de usar outras artimanhas, que não sabe enfrentar os problemas e adversários de frente. Destacou também que não se preocupa com isso porque tem uma relação cordial e transparente e o próprio Bivar já ratificou que a sua candidatura é algo posto e sem caminho de volta.

Coelho finalizou dizendo que pretende falar com todas as alas da oposição do estado, que eles conversaram em dezembro e vão se reunir no final de janeiro para reavaliar o cenário. Disse também que estão unidos no mesmo propósito de mudança e de um novo projeto para Pernambuco. Contou que os movimentos por Pernambuco e Levanta Pernambuco foram fundamentais para colocar luz nos problemas e adversidade que o Estado está enfrentando e, independente da estratégia, a oposição vai vencer neste ano.

Foto: Blog do Alberes Xavier.

Instagram