Sucesso dos programas sociais eleva popularidade de Bolsonaro

Sucesso dos programas sociais eleva popularidade de Bolsonaro

Coluna do Diego Lagedo: Não é de hoje que Lula mostra preocupação com a força de Bolsonaro na eleição de 2022. Tempos atrás, ele havia proibido o discurso do “já ganhou” dentro do PT e o seu raciocínio fazia sentido: Bolsonaro está com a caneta na mão e não pode ser subestimado.

O presidente Jair Bolsonaro, definitivamente, não está parado. O sucesso do Auxílio Emergencial durante a pandemia ensejou a mudança de nome do Bolsonaro Família e de outros benefícios assistenciais para Auxílio Brasil, programa que está pagando mais de R$ 400 a milhões se brasileiros.

O Auxílio Brasil se tornou o principal programa social do governo Bolsonaro, mas ele também é acompanhado do Vale Gás e da Casa Verde e Amarela. Outro programa do Governo Bolsonaro que é muito popular é o PIX, que facilitou e barateou as transferências financeiras entre as pessoas.

Junto com o fim da pandemia, que trouxe o reaquecimento do mercado de trabalho e a queda do dólar, as conquistas sociais são responsáveis pela crescente popularidade do presidente Jair Bolsonaro junto ao povo, para desespero do PT e da mídia esquerdista.

Aliado de Bolsonaro, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP) prevê que entre maio e junho Bolsonaro apareça empatado com Lula nas pesquisas eleitorais, algo que já acontece pontualmente.

O Brasil volta aos eixos após uma catástrofe global e o grande responsável por manter a economia do país funcionando foi, indiscutivelmente, o Governo Bolsonaro. O reconhecimento parece estar chegando a cada dia.


Eleições: O pré-candidato a governador de Pernambuco Miguel Coelho (União) anunciou o apoio do ex-senador Douglas Cintra (Podemos) ao seu projeto. O empresário caruaruense vai coordenar a campanha de Miguel no Agreste e deve concorrer a uma vaga para deputado federal nesse ano. Além dele, Miguel ainda anunciou o apoio do prefeito de Cupira, Zé Maria, e do ex-prefeito de Primavera Rômulo “Pão com Ovo”.

Crítica: Em visita ao litoral norte de Pernambuco, a pré-candidata a governadora Raquel Lyra criticou a falta de atenção que o turismo da região vem recebendo: “É muito ruim ver o estado de degradação do Litoral Norte expressado nas estradas, na falta de água, insegurança e na ausência de infraestrutura. O que vimos foi a história, cultura, tradição e belezas naturais serem desprezadas pelo estado que deveria enxergar aqui um grande diferencial turístico e cultural”.

Bezerros: O ex-ministro Mendonça Filho (União) conquistou recursos em Brasília para a distribuição de 470 cestas básicas no município de Bezerros, onde deve receber o apoio da prefeita Lucielle na sua disputa para deputado federal nesse ano. A articulação que Mendonça mantém em Brasília já rendeu milhões de reais em investimentos para municípios pernambucanos.


Diego Lagedo é historiador e especialista em Gestão Pública. A sua coluna aborda temas políticos e é publicada de segunda a sábadosendo replicada em diversos blogs de Pernambuco.

Foto: Alan Santos/PR