Time de Bolsonaro tem missão de montar palanque do presidente em Pernambuco

Time de Bolsonaro tem missão de montar palanque do presidente em Pernambuco

Coluna do Diego Lagedo: Muito se tem falado sobre o apoio que Bolsonaro está dando a Anderson Ferreira (PL) e Gilson Machado (PL) em Pernambuco. Muitos esperam que, ao longo dos próximos meses, esse apoio possa alavancar a campanha de ambos para o Governo e para o Senado.

Porém, um outro ponto muito importante é que também cabe a Anderson e a Gilson organizar o palanque de Bolsonaro em Pernambuco. Não é segredo para ninguém que o estado vem votando no PT nas eleições presidenciais desde 2002. Para reverter esse processo, que se repete no Nordeste, será necessário que os bolsonaristas façam um grande esforço na campanha desse ano.

Tendo isso em vista, Anderson, Gilson e o deputado André Ferreira (PL), que é vice-líder do Governo na Câmara, se reuniram novamente com Bolsonaro para acertar a agenda dele no estado. Essa já é a segunda vez que eles são convocados pelo presidente para organizar a agenda de visitas ao Nordeste.

A campanha eleitoral está cada vez mais perto e Bolsonaro vem ascendendo. Porém, para neutralizar o petismo no Nordeste, ele vai ter que intensificar visitas e entregas de obras na região. É evidente que a disputa será decidida no sudeste, mas enfraquecer o opositor onde ele é mais forte é sempre bom e Bolsonaro mostra que sabe disso.


Violência: Os municípios de Paulista e Cabo de Santo Agostinho entraram no Programa Nacional de Redução da Criminalidade. O Governo Federal deve investir até R$ 30 milhões e prevê a redução dos índices de criminalidade em diversas cidades de vários estados do Brasil. A medida vem no momento em que Pernambuco bate recorde de violência no país, tendo alcançado o posto de estado mais violento do Brasil, segundo dados do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo e do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. São 10 mortes por cada 100 mil habitantes entre janeiro e março de 2022, um aumento de 2,4 casos por 100 mil. Em números absolutos, Pernambuco perde apenas para a Bahia.

Crítica: Os números da violência em Pernambuco geraram críticas por parte de Miguel Coelho (UB): “Tenho dito que o Pacto pela Vida faliu, que precisamos atualizar a forma de combater a violência. O crime evoluiu e não são dadas as condições adequadas para a polícia enfrentar os bandidos. O resultado está aí, Pernambuco volta a ser o estado mais violento. O PSB perdeu completamente as condições de conduzir essa renovação”.

Brasil: Após ter o pedido de ação contra o ministro Alexandre de Moraes recusado por Toffoli no STF, o presidente entrou com uma nova ação na PGR. Bolsonaro alega que Moraes cometeu cinco crimes de abuso de autoridade com base na lei Lei 13.869/2019, como no caso do prolongamento injustificado do Inquérito das Fake News.


Diego Lagedo é historiador e especialista em Gestão Pública. A sua coluna aborda temas políticos e é publicada de segunda a sábadosendo replicada em diversos blogs de Pernambuco.

Foto: divulgação.