Anderson encerra visita ao Sertão com palavras de agradecimento à população e apoiadores

Anderson encerra visita ao Sertão com palavras de agradecimento à população e apoiadores

Anderson Ferreira, pré-candidato do Partido Liberal (PL) ao Governo do Estado, cumpriu, na manhã desta segunda-feira (23), em Petrolina, a última agenda da primeira visita feita pela caravana Simbora Mudar Pernambuco ao Sertão. Em entrevista à Rádio Grande Rio FM, nos estúdios da emissora, o ex-prefeito do Jaboatão dos Guararapes agradeceu ao carinho da população que participou dos atos em Arcoverde, Serra Talhada, Custódia e Petrolina, e disse ter sido surpreendido pela receptividade em cada localidade por onde caminhou ao lado do pré-candidato ao Senado Federal e ex-ministro do Turismo, Gilson Machado (PL).

“A nossa caravana passou cinco dias percorrendo cidades dos sertões do Moxotó, Pajeú e São Francisco, e por cada lugar por onde passamos vimos uma grande onda de esperança e mobilização andar ao nosso lado, gestos pelos quais seremos eternamente gratos. A nossa grande missão é levar desenvolvimento e oportunidades para cada região de Pernambuco, trabalhando em parceria com os municípios, colocando sempre as pessoas à frente, sobretudo as mais vulneráveis”, relatou Anderson.

O pré-candidato ressaltou a visita às obras da Transposição do Rio São Francisco, em Custódia, na última sexta-feira (20), e comemorou o empenho do presidente Jair Bolsonaro (PL) em entregar à população a maior obra de segurança hídrica do mundo. Anderson voltou a cobrar do governador Paulo Câmara (PSB) comprometimento e uma solução definitiva, “no sentido de que faça a sua parte e coloque a água na casa do povo”.

“Por cada ponto por onde andamos nos deparamos com muitas mensagens de carinho e agradecimento ao nosso presidente Jair Bolsonaro, principalmente por ter sido o único presidente que demonstrou sensibilidade para concluir as obras da transposição e ter levado água ao Sertão; mas, por outro lado, muitas críticas ao modelo de gestão do PSB, que insiste na inércia e não cumpre com a responsabilidade que lhe é devida”, apontou. “Essa mesma percepção é compartilhada pelo empresário que recebeu atenção do Governo Federal para superar a crise econômica, agravada por más decisões adotadas pelo governo estadual durante a pandemia. É triste perceber que o governador não tem atenção para com o povo”, pontuou Anderson Ferreira.

Foto: Leandro de Santana/divulgação.