Miguel caminha pelo bairro de São José e se compromete com investimentos no centro comercial do Recife

Miguel caminha pelo bairro de São José e se compromete com investimentos no centro comercial do Recife

Restando dez dias para as eleições do primeiro turno, o candidato a governador Miguel Coelho fez mais uma visita ao comércio do centro da capital pernambucana, nessa quinta-feira (22). Após a caminhada, ele participou de uma reunião na Associação dos Lojistas do Centro do Recife (Alcere) e declarou que Pernambuco voltará a ser o melhor estado do Nordeste para empreender.

No encontro, representantes do órgão e permissionários do Mercado de São José entregaram ao ex-prefeito de Petrolina um documento contendo sugestões distintas para que o comércio central volte a ser competitivo e pujante. Entre as demandas, a Alcere solicita ações nas áreas de segurança, iluminação, estrutura, mobilidade, turismo, mobilidade e fiscal, consideradas as mais urgentes.

Em suas considerações, Miguel Coelho garantiu que apoiará na revitalização da área central com ações junto à prefeitura e a iniciativa privada. O candidato do União Brasil reafirmou ainda o seu compromisso de reduzir a carga tributária dos empreendedores, isentando o pagamento de ICMS dos quem ganham até R$ 100 mil por ano e estimulando a capacitação técnica para fomentar a geração de emprego e renda, não apenas na capital pernambucana, mas em todo o estado.

“Pernambuco hoje é o pior estado para empreender no Nordeste, mas essa triste realidade vai mudar. Nosso plano de governo tem ações concretas e isso inclui o centro do Recife. Precisamos também recuperar os mercados públicos, como o de São José, uma referência e símbolo do comércio do centro”, disse Miguel. “Vamos reduzir em 50% a burocracia, simplificar os processos e licenças, informatizar todo o sistema e desenvolver um programa atrativo de negócios para o estado”, pontuou.

Antes da reunião, Miguel e a candidata a vice-governadora Alessandra Vieira, além de apoiadores, caminharam pelo Mercado de São José e algumas ruas do entorno. Eles conversaram com lojistas, vendedores ambulantes e simpatizantes das candidaturas ouvindo as demandas da localidade.

Foto: Pipo Fontes